Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Curiosidades’ Category

No post anterior (Comerciais de TV – parte 1) foi mostrado alguns comerciais engraçados e diferentes que são transmitidos aqui pela europa.

Vendo esses comerciais podemos analisar o “feeling” (percepção) que é usado para se passar uma mensagem. Claro, não deixando de considerar o quanto “alguns” comerciais brasileiros são completamente criativos e bem dirigidos, não é por acaso que muitas empresas de marketing no Brasil possuem grandes premiações.

O objetivo deste post não é criticar, comparar ou decidir quais são os comerciais mais ou menos criativos, mas sim mostrar a diferença de percepções que serão encontradas durante o seu intercâmbio em outro país.

E comerciais que alertam sobre assuntos sérios é o tema deste post.

Pelo que percebi, alguns comerciais não fazem questão de mostrar apenas a verdade, mas tem o objetivo de além de choca-lo, o faz refletir sobre alguns casos.

Os comerciais que comentarei a seguir são um pouco fortes, possuem cenas que não vemos normalmente na TV aberta do Brasil.

Vamos começar com um comercial que não possui cenas tão fortes mas a mensagem é profunda.

 

Sabe quando você sai com os amigos e planeja mentalmente não beber muito, e durante a festa você acaba se animando demais e tem uma briga interna com você mesmo, é como se o seu lado “não beba” estivesse brigando com o seu lado “enche a cara mané”. Foi assim que o projeto drinkaware.ie desenvolvido pela MEAS – Mature Enjoyment of Alcohol in Society, trabalharam neste comercial. No final do comercial você verá a mensagem “The best pace to drink at is your own” traduzindo ficaria “o melhor passo para beber é o seu próprio”, a mensagem quer dizer que a melhor forma de beber é você ter o seu próprio ritmo, ou seja, você sabe a hora certa em que deve parar ou não.

Quer saber mais sobre o projeto drinkaware.ie, ou mais sobre a MEAS?

Drinkaware.ie – http://www.drinkaware.ie

MEAS – http://www.meas.ie/

 

O próximo comercial é um pouco mais forte, a companhia RSA – Road Safety Authority, desenvolveu um comercial para alertar sobre as perigosas distrações nas rodovias. A primeira vez que vi este comercial foi no cinema, passou momentos antes de começar um filme de comédia, o comercial foca na ideia de digitar textos no celular enquanto dirige, algo comum por aqui. No final do comercial temos a mensagem “switch off, before you drive off” fica um pouco complicado traduzir esta frase, mas a mensagem quer dizer algo como “desligue, antes que você se desligue da direção”.

Quer saber mais sobre a companhia RSA?

RSA – http://www.rsa.ie

 

E por ultimo, não menos importante, mas porém, em minha opinião o mais pesado, foi desenvolvido pela sociedade ISPCC – Irish Society for the Prevention of Cruelty to Children. O comercial mostra a imagem de uma criança sendo agredida por um adulto, e durante a agressão a criança diz que não pode esperar para ser feliz, salva, ouvida ou amada, e que luta pela causa de outras crianças na mesma situação que ele, e como mensagem principal a criança diz no começo e no final do comercial a frase “I can´t wait until I grow up” traduzindo “Eu não posso esperar até eu crescer”. No final aparece o símbolo da sociedade pedindo por doações enquanto a voz de uma mulher ao fundo lhe convida para juntar-se a essa luta pelas crianças.

Quer saber mais sobre o projeto da ISPCC?

http://www.ispcc.ie/

 

Sei que o post de hoje talvez deixem algumas pessoas chocadas, mas como falei no inicio o principal objetivo é analisar as percepções de como as mensagens são passadas, sejam elas engraçadas (como no post Comerciais de TV – parte 1) ou mais sérias como neste post.

Enfim estando em outro país e tendo contato com outra cultura, muitas coisas muito além do que comerciais de TV lhe surpreenderão.

Ainda não viu o post Comerciais de TV – parte 1?

Segue o link – https://brasirlanda.wordpress.com/2012/07/23/comerciais-de-tv/

Anúncios

Read Full Post »

Agradeça ao motorista do ônibus

Por aqui na terra verde, quando o ônibus para no ponto para você descer, é normal antes de sair do ônibus, olhar para o motorista e agradecer.

Caso você não faça isso não é algo tão grave, ninguém vai falar “ei seu mal-educado, volte aqui e agradeça ao motorista”, mas quando chegar por aqui e pegar um ônibus, você irá perceber que a grande maioria das pessoas agradecem ao motorista.
Ao sair do ônibus você passa ao lado do motorista, pois geralmente se sai pela mesma porta que se entra (alguns ônibus possuem porta extra, caso você saia por esta porta não passara pelo lado do motorista, mas o motorista só abre esta porta geralmente quando o ônibus esta um pouco cheio ou quando um grande numero de passageiros vai descer no mesmo ponto, ou seja, dificilmente abre-se esta porta).

Enfim, como a maioria, antes de sair, agradeça, não custa nada você fazer o mesmo, “pô mas eu não falo nada de inglês, não sei nem agradecer”, sem problemas, basta falar “thanks”.

E repito de novo o que eu disse no post Curiosidades–agradecimentos: Afinal como diz a minha mãe “educação nunca é demais”.

Quer saber mais sobre os ônibus da Irlanda?

http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-pegando-onibus.html

http://www.youtube.com/watch?v=HoWRNwsPBoE&feature=g-all-u

Quer agradecer em inglês de outras formas?

https://brasirlanda.wordpress.com/2012/02/16/curiosidades-agradecimentos/

Read Full Post »

Comerciais de TV – parte 1

Uma das coisas que admiro no Brasil são as campanhas de algumas agências de publicidade e propaganda, apesar de ser formado em administração gosto muito de ler notícias referente a área.
Acho fascinante o trabalho que algumas agências realizam para elaborarem comerciais de TV.
O objetivo de um comercial é prender o telespectador na frente da TV, passar a sua mensagem e mostrar a sua marca.
Isso é uma missão quase que impossível, pois, para que o telespectador fique na frente da TV para assistir um comercial sem ao menos mexer no controle remoto ou levantar do sofá no mínimo o comercial tem que chamar a atenção de alguma forma.
Separei alguns comerciais que assisti aqui na Irlanda que me chamaram a atenção.
Interessante como o humor do europeu é um pouco diferente do nosso.

Como esse da companhia de telecomunicação Meteor, aonde um rapaz que tenta se comunicar com algumas garotas espanholas liga para sua amiga lhe ajudar a falar espanhol.

Eu fiquei curioso quanto as propagandas de cervejas, fiquei pensando como seria um comercial de cerveja sem mostrar futebol ou mulheres semi nuas. Este por exemplo mostra um cara que passa por vários obstáculos para conseguir chegar ao balcão do bar para encontrar com os amigos e tomar o seu copo de cerveja.

E esse de um cara que cruza boa parte da europa de trem quando ele corre atras do garçom para tentar resgatar “o restinho” de cerveja que sobrou no copo.

Neste aqui de alguma maneira inexplicável as roupas ganham vida e começam a dançar. Mas isso é comercial do que? De chocolate ué!!!

De carro, um casal atravessa uma cidadezinha que acontecem coisas inusitadas. Comercial de que? De água!

Read Full Post »

Curiosidades – agradecimentos

Por aqui as pessoas são extremamente educadas, qualquer coisa que você faz eles agradecem, se você deixar alguém passar na sua frente na fila eles agradecem, se você estiver andando na rua e parar para dar espaço para alguma outra pessoa passar eles agradecem, uma vez um rapaz me pediu dinheiro trocado para o ônibus por que ele estava sem trocado, e eu disse que infelizmente não tinha, ele agradeceu por eu ter falado com ele.

Normalmente quando vamos agradecer em inglês usamos a famosa expressão “thank you”, ou “thank you very much”, se você esta muito apressado e não quer falar muito, pode usar o “thanks” sem problema nenhum.
Mas, por aqui as formas de agradecimentos são diferentes, claro que dependendo da região aonde você mora, dos costumes ou da cultura das pessoas que vão-lhe agradecer sobre algo.
Normalmente você vai escultar a expressão “thanks a million” que é bastante usada pelos irlandeses. “Thanks a million” quer dizer “milhões de obrigados” ou “muito muito muito muito muito (quantos muitos você quiser) obrigado”.
Também ouve-se a expressão “cheers”.
“Cheers” quer dizer “saúde”, sabe aquelas ocasiões especiais aonde você esta com os amigos, todos estão com uma taça de champanhe ou vinho ou qualquer bebida, e todos batem levemente uma taça na outra e falam “saúde”, então “cheers” quer dizer essa “saúde” ai mesmo, mas por aqui os irlandeses também usam como agradecimento.
Quando vier aqui para a ilha verde já vai treinando os seus “thanks a million” e “cheers”.

Afinal como diz a minha mãe “educação nunca é demais”.

Read Full Post »

Creio que muitas pessoas já estão cansadas de ouvir isso, mas vale a pena sempre ressaltar, quando for ao mercado fazer compras “leve sacola”.

Pois se você não levar uma sacola e não tiver uma mochila ou bolsa para levar as suas compras será obrigado a pagar por uma sacola.

Apesar de não ser caro (entre 10 e 30 cents) pode pesar um pouco nas contas do mês se toda vez que você for ao mercado esquecer de levar a sacola (foi exatamente isso que aconteceu comigo nas três primeiras semanas em Dublin).

Apesar de parecer entranho você dentro do mercado colocando as compras dentro da sua própria mochila, não tem problema nenhum, muita gente faz isso.

Confesso que já cheguei a levar uma mala de viagem para fazer as compras do mês rsrsrsrsrs……..

Read Full Post »

Curiosidades – Conferir troco

Vivenciando o dia a dia dos irlandeses e ouvindo alguns acontecimentos que ocorreu com alguns amigos brazucas, consegui reunir algumas curiosidades sobre o cotidiano da ilha.

Alguns servem como dicas para quem pretende estar em solo irlandês futuramente.

_ Jamais confira o troco na frente do funcionário do caixa:

Quando for realizar as suas compras e receber o troco seja em nota ou em moedas jamais confira o troco na frente do funcionário do caixa, eles consideram isso uma ofensa.

Ao pegar o troco saia do caixa e confira o troco longe dos olhos do funcionário do caixa, caso falte algum valor converse educadamente com o funcionário do estabelecimento e solicite a contagem do troco.

Confesso que de todas as vezes em que comprei algo nunca recebi troco errado, nem a mais e nem a menos, inclusive já recebi apenas um centavo de troco, mesmo informando ao funcionário do caixa que não precisava entregar-me apenas um centavo de troco, mas o mesmo insistia que eu aceitasse.

Vivendo e aprendendo em terras irlandesas.

Read Full Post »